Leandro Portella

Você sabe qual foi o motivo?

Posted on jan 14, 2016

Muitos já sabem que sou pré candidato a vereador pelo PSD nas eleições de 2016, porém o que poucos ficaram sabendo foi o porquê deixei o cargo em 2013.

le.1

Foto do dia em que anunciei a minha saída

Já ouvi diversas versões dos motivos pelo qual tive que entregar o cargo em 2013:

“Teve erro na contagem”

“Após 9 meses houve uma recontagem”

“Não ficou devido a deficiência”

Nenhuma dessas versões são corretas e por esse motivo resolvi esclarecer para que na haja duvida sobre a vontade e capacidade de uma pessoa com deficiência tem para ocupar uma vaga no Legislativo.

Fui eleito em 2012 e entreguei o cargo no dia 24 de setembro e por determinação da juíza eleitoral Tamar Oliva de Souza Totaro, da 294ª Zona Eleitoral, o meu diploma do vereador foi tornado sem efeito após julgamento definitivo no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que invalidou os votos obtidos pelos candidatos a vereador pelo PMDB, ao qual o PT estava coligado nas eleições daquele ano. Com essa decisão, que foi inédita em nossa região eleitoral, perdi 26 votos dos 243 obtidos, na totalização final do quociente eleitoral e partidário.

Os problemas com o PMDB, que resultaram na minha saída, começaram nas eleições de 2012, quando o presidente do PMDB na época , Jair Ferreira Duarte Júnior (Jaico) estava com os direitos políticos suspensos e não poderia ter assinado a ata de convenção do partido, que estava coligado ao PT.

Hoje estou filiado ao PSD e escolhi o partido por ter idéias novas, onde a acessibilidade e a inclusão são temas recorrentes nos debates, onde terei liberdade para fazer uma política para o povo e não para o partido, assim saindo da política “viciada” de Araçoiaba. Além do o apoio do Deputado Federal Herculano Passos e da Deputada Estadual Rita Passos que me animaram muito.

Uma Araçoiaba para todos!

468 ad